alegria-da-zona-sul-carnaval-2017

Alegria da Zona Sul brilha no 1º dia de desfiles da Série A no Rio

alegria-da-zona-sul-2017
Beth Carvalho foi homenageada pela escola.

Pelo segundo ano consecutivo, a Alegria da Zona Sul sofreu com problemas em carros alegóricos ainda na

concentração e na dispersão. Problemas na embreagem do segundo carro encheram o sambódromo de fumaça e geraram um corre-corre dos integrantes da escola. O último teve de ser empurrado para entrar na avenida e não deixar um buraco no desfile. O detalhe é que essa era a composição que levava a homenageada, a sambista Beth Carvalho, além de outras lendas do samba, como Tia Surica e Nelson Sargento. Quando o carro finalmente entrou na pista, o público foi à loucura. No finalzinho, o primeiro carro teve problemas para se locomover.

Mesmo com esses problemas, a escola encerrou sua passagem em 53 minutos.

Com o enredo “Vou festejar com Beth Carvalho – A Madrinha do Samba”, a Alegria da Zona Sul cantou e sambou os 50 anos de carreira da cantora, que, mesmo de cadeira de rodas motorizada, foi ao desfile e cantou. “Me sinto honrada, feliz, espero que a gente ganhe”, disse Beth.

As alegorias e fantasias ora faziam referência à vida de Beth ora a seus sambas. A primeira porta-bandeira, por exemplo, representava o samba, o malandro e a boemia das rodas de samba com a fantasia “É samba… malandro, vadio e valente”. Já a comissão de frente trazia uma faceta não tão conhecida de Beth: representando a infância, mostrava sua paixão pelo ballet e pela música.

Fonte: Globo.com

0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.

G.R.E.S.E Alegria da Zona Sul  © 2016 Todos os direitos autorais reservados. Desenvolvido por Estação Indoor